Sobre

Um sonho, uma história, uma realização

Uma equipe de poucos profissionais na área da saúde e voluntários com uma vontade enorme de oferecer a mão amiga ao doente renal crônico carente resolveu criar uma associação, cujo objetivo era o de aumentar a qualidade de vida de um paciente renal enquanto aguarda por um transplante.

Assim o espaço da ABREC nasceu. Em uma pequena sala na Clínica Campo Grande foi montada uma sede social, e a partir daí o caminho foi promissor, pois este grupo de pessoas focadas na questão social se engajou nesta luta e aos poucos a entidade foi se fortalecendo.

Foi situada em dois espaços até ser transferida para uma sede provisória na Rua Antônio Maria Coelho, entre as ruas, Rui Barbosa e Pedro Celestino. Era um local simples, pequeno e aconchegante onde os pacientes começaram a tê-lo como sua segunda casa. Lá, a associação perdurou por 12 anos. Mas a luta não parou por aí, e o sonho de ter uma sede própria que oferecesse o que um renal crônico realmente precisava, aumentou e foi se solidificando.

Em 2005, a ABREC ganhou um terreno do governo do Estado, e iniciou a construção do seu grande sonho: a sede própria. Aos poucos o que estava apenas num projeto começou a se transformar em realidade, os tijolos deram formas nas paredes e no sonho de toda a diretoria da ABREC. Em 3 etapas, a obra foi se completando e finalmente a sede própria foi finalizada em 2008. Muita dedicação, parcerias, a realização de vários eventos para angariar fundos, dificuldades e a soma de esforços dos padrinhos, madrinhas, parceiros, amigos e voluntários marcaram essa construção de peso.

Hoje a sede, totalmente concluída, e oferece um tratamento multidisciplinar digno para centenas de renais crônicos carentes de Campo Grande e do interior do Estado de Mato Grosso do Sul. Aos poucos os objetivos da entidade estão sendo alcançados, mas também sempre surgem novas oportunidades e ideias para investir nos renais carentes, e é isto que está acontecendo.

Com o projeto da Malharia AbreCoração, ocupamos grande área do salão de múltiplo uso. Devido ao sucesso e aderência dos pacientes, a malharia necessita de outro espaço; esta é a nossa luta no momento: adquirir um terreno próximo à sede da ABREC para construirmos uma estrutura física adequada que possa atender a todos os pacientes e familiares que procuram esta terapia ocupacional. Portanto, como toda associação beneficente, que sobrevive de doações, toda ajuda é sempre bem vinda e fundamental para que esta causa possa ser levada adiante.

Um convite à solidariedade

A ABREC necessita do auxílio e apoio de muitas pessoas para manter suas atividades. Mensalmente contamos com o apoio dos voluntários para dar prosseguimento as ações desenvolvidas pela entidade. Gostaríamos de lhe fazer um convite, conhecer nossa instituição e acompanhar como é a rotina dos pacientes que se beneficiam das ações realizadas pela ABREC.